11 formas de utilizar a varanda

Projetos inspiradores mostram que o ambiente pode se tornar muito mais do que a área externa

Por Camila Ochoa | Adaptação web Tayla Carolina

1. Sala de estar e TV

Com apenas 37 m², o apartamento projetado pelos profissionais da Sesso e Dalanezi Arquitetura teve a sala de estar e TV transferida para a varanda, liberando mais espaço na área interna para os demais cômodos. Para que o projeto funcionasse, móveis confortáveis como a poltrona e o sofá entraram em cena, garantindo conforto para os moradores na hora de assistir TV ou reunir a família.

2. Para receber

O projeto assinado pela Ana Mouawad trouxe peças curingas que se encaixam perfeitamente em propostas distintas. Extensão da área social, a área externa funciona como sala de estar, enquanto o ambiente interno ficou reservado para a sala de TV.

Bancos e banquetas entraram em cena para criar um cômodo perfeito para relaxar e reunir os amigos– e, por serem peças soltas e fáceis de transportar, também podem ser utilizadas do lado de dentro quando necessário.

3. Sala de estar

Com apartamentos cada vez menores, ficou quase impossível manter a sala de estar na planta sem adicionar a função de sala de TV ou integrá-la com a sala de jantar. No projeto da Emilia Garcia, a proposta foi manter um ambiente mais íntimo na área externa do apê. Para espaços externos, aposte em elementos como vime e fibra sintética, que combinam com o clima do ambiente.

4. Sala de jantar

Projetada pela arquiteta Patricia Cillo, esta varanda é o espaço perfeito para reunir os amigos com muito conforto. A integração da varanda com a área interna já existia, mas foi necessário tirar o caixilho para melhorar a circulação. Com a integração completa, a área da mesa fica ao lado da cozinha, tornando-a ainda mais funcional. A mesa, feita sob medida, reserva espaço para oito pessoas com conforto, e o banco encostado na parede permite acomodar ainda mais convidados – além disso, o assento levanta e funciona como baú para armazenamento.

5. Pequena e confortável

Com 62 m² de área total, a saída que a arquiteta Débora Aguiar encontrou foi transferir a sala de jantar para a varanda de 8 m² para desafogar a área interna. O móvel baixo de madeira funciona como rack ou mesmo um aparador para as comidas. Já a mesa comporta até seis pessoas com conforto.

6. Marcenaria planejada

O projeto desta varanda também foi pensado pela Sesso & Dalanesi Arquitetos, que lançou mão de móveis planejados visando economia de espaço. O banco desenhado ocupa toda a extensão do parapeito da varanda. Para conferir uma funcionalidade extra, a mesa Saarinen entra em cena junto com bancos, criando uma pequena área de refeições.

 

Para ver o restante das dicas, compre a revista Decorar Mais Por Menos – Ed. 84