O minimalismo do estilo escandinavo

Poucas cores em perfeita harmonia deixam o destaque por conta da marcenaria industrial e das formas geométricas

Por Monelli Oliveira | Fotos Gui Morelli/Divulgação | Adaptação web Tayla Carolina

Deixar que o design das peças usadas na decoração e a própria arquitetura falassem por si, foi esse o conceito que direcionou os arquitetos Diogo Luz e José Guilherme Carceles, do escritório Casa 100, para o projeto desse apê de 65m², em São Paulo.

A moradora não queria muita informação, nem grandes combinações de cores, por isso o estilo escandinavo pareceu uma boa inspiração para a escolha dos acabamentos.

Quanto à estrutura, o imóvel originalmente possuía dois quartos, um deles agora é o closet da moradora – que, com a demolição das paredes, tornou-se um hall de entrada para a suíte, onde também está o lavabo, ambientado no antigo banheiro do extinto quarto de hóspedes.

Para trazer privacidade, os arquitetos isolaram a área íntima com um painel de madeira no padrão carvalho-americano, que serve como porta para o closet. Na outra extremidade, o painel de vidro traz profundidade ao ambiente e dá acesso à varanda.

Destaques da área social

Integrada à sala de estar, a cozinha foi equipada com uma bancada única de concreto armado, que serve para fazer refeições rápidas de um lado, mas também assume a função de painel para a TV.

A marcenaria segue o estilo dos galpões antigos e é um dos poucos elementos coloridos do apê. No frontão, o destaque fica por conta do formato geométrico do porcelanato King size sextavado, da Portobello.

 

Para ver esse projeto na íntegra, compre a revista Decorar Mais Por Menos – Ed. 87