Revestimento: como escolher

Com tantas opções no mercado, escolher o ideal pode parecer um filme de terror. Mas com nossas dicas, essa empreitada pode ficar mais fácil

Por Tayla Carolina | Fotos: Shutterstock

Na hora de construir ou reformar, o revestimento é uma etapa fundamental para o acabamento, já que ele é o responsável pelo visual desejado.

Existem muitas opções e escolher o revestimento perfeito para cada ambiente pode ser difícil, mas com algumas dicas essa tarefa pode ficar mais fácil. Confira!

Local de instalação

Levar em conta o local onde será instalado é importante, pois dependendo do material, problemas podem surgir. Por exemplo: instalar pisos de madeira em locais molhados, como banheiros, cozinhas e áreas de serviço não é uma boa opção, pois a água pode deteriorar a madeira.

Em relação a granitos e mármores é essencial saber quais são próprias para ambientes com água, como beira de piscinas. A absorção de água pode alterar a cor da pedra, mas dependendo do tipo e local pode ser interessante por tornar o piso antiderrapante.

Nas cozinhas é recomendado utilizar revestimento cerâmico, pois facilita a limpeza. É importante lembrar que as juntas podem acumular gordura ao longo do tempo e, por isso, utilizar peças maiores pode ser uma solução.

Os banheiros costumam ser mais úmidos que cozinhas e peças maiores também funcionam melhor nesse ambiente. Na área do box, elas conseguem diminuir as chances de infiltração e mofo nas juntas. Mas pastilhas podem ser utilizadas como decoração.

Design

Essa etapa da reforma demanda criatividade, já que não possui regra para a escolha do visual.

Atualmente, o mercado possui inúmeras opções para dar volume às paredes, por exemplo. São peças com cortes, profundidades e angulações diferentes permitindo a exclusividade da decoração do ambiente.

A iluminação pode ser usada de forma direcional proporcionando pontos de luz e sombra, acentuando os detalhes das peças utilizadas.

*Quem deu as dicas foi o arquiteto Fernando Santos, da Santos Projetos